jusbrasil.com.br
28 de Junho de 2022
  • 2º Grau
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Tribunal Regional do Trabalho 13ª Região TRT-13 - Recurso Ordinário: RO 103781 PB 01168.2007.002.13.00-9

Detalhes da Jurisprudência

Processo

RO 103781 PB 01168.2007.002.13.00-9

Órgão Julgador

Segunda Turma

Publicação

03/02/2009

Julgamento

4 de Dezembro de 2008

Relator

MARGARIDA ALVES DE ARAUJO SILVA
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Ementa

EVIDÊNCIA DE FURTO. INSTAURAÇAO DE INQUÉRITO POLICIAL E AÇAO CRIMINAL. SENTENÇA PENAL. ABSOLVIÇAO. DANO MORAL. INDEFERIMENTO.

Existindo evidências do crime de furto, é legítima a atitude do empregador que denuncia o empregado perante a autoridade policial, para que sejam apurados os fatos. A absolvição na esfera penal implica, tão-somente, na inexistência do crime, mas não torna ilegítimo o ato do empregador, sobretudo, quando comprovada nos autos, através de auditoria contábil e testemunhos de outros empregados, a prática, pelo empregado, de diversas irregularidades administrativas, no exercício do cargo de gerente.

Acórdão

ACORDAM os Juízes da COLENDA 2ª TURMA, com a presença do Representante da Procuradoria Regional do Trabalho, Sua Excelência o Senhor Procurador JOSÉ CAETANO DOS SANTOS FILHO, por unanimidade, NEGAR PROVIMENTO ao recurso. João Pessoa, 04 de dezembro de 2008.
Disponível em: https://trt-13.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/5628013/recurso-ordinario-ro-103781-pb-0116820070021300-9